“Em Nome do Amor”

Veja a mensagem psicofônica recebida pelo médium Divaldo Pereira Franco, no encerramento da VI Conferência Estadual Espírita, em 25 de abril de 2004, intitulada “Em Nome do Amor”
.

.

É assim o amor, portador de grandes milagres!…
É assim que devemos nos comportar em todos os dias das nossas vidas.
Essa é a nossa atitude, legatários que somos do amor de Deus nestes tumultuados dias da Humanidade.
Ouvistes a proposta do amor estes três dias.
Acompanhastes a trajetória do amor através das mensagens que vos foram dirigidas.

Sentistes o calor do amor em nossos corpos e a sua proposta em vossas emoções.
Ide, agora, e incendiai a Terra!…
O amor, quando alcança as paisagens do coração, arde e nenhum vendaval logra apagar a chama que crepita, transformando naquele que a carrega em um facho de luz.
É noite na Terra, filhos da alma, e é indispensável que voz transformeis em estrelas para diminuir a escuridão que se abateu subitamente sobre a sociedade.
Jesus chama-nos desde há dois mil anos, e o Consolador convocanos para que não digamos amanhã…
Agora, meus filhos, é o instante de atearmos o incêndio que irá renovar as paisagens ermas do Planeta de Provas, a fim de que logo mais a Regeneração tome conta de todos os corações.
Não postergueis a oportunidade de amar.
Não revideis ofensa por ofensa, nem mágoa por mágoa ou dardo por dardo.
Convocados a expor a verdade, não vos transformeis em sicáríos de outras vidas.
Envolvei a verdade na lã do Cordeiro de Deus e atirai-a naqueles que dormem na ignorância ou que se encontram anestesiados pela ilusão, lembrando-vos de Jesus, afirmando: “Eu venci o mundo”.
Nem todos vencereís no mundo, mas se quiserdes vencereis,.
sim, o mundo das paixões perturbadoras e perversas…
Ide, pois, e amai!…
Esta é a hora de instaurardes na Terra a proposta de Jesus, construindo o mundo novo que já se encontra em vossos corações.
Muita paz. meus filhos!…
Com um abraço carinhoso, o servidor humílimo e paternal de sempre, Bezerra.

 

Escreva um comentário

 
 


 

Melindres

Armando Falconi fala sobre a mensagem “Melindres”
.

 

Escreva um comentário

 
 


 

“Quanto Mais”

Veja a mensagem de Bezerra de Menezes do livro “Caridade”, psicografia de Francisco C. Xavier, intitulada “Quanto Mais”

.

.

Abençoai sempre as vossas dificuldades e não as lastimeis, considerando que Deus nos concede sempre o melhor e o melhor tendes obtido constantemente com a possibilidade de serdes mais Quanto mais auxiliardes aos outros, mais amplo auxílio recebereis da Vida Mais Alta.

Quanto mais tolerardes os contratempos do mundo, mais amparados sereis nas emergências da vida, em que permaneceis buscando paz e progresso, elevação e luz.

Quanto mais liberdade concederdes aos vossos entes amados, permitindo que eles vivam a existência que escolheram, mais livres estareis para obedecer a Jesus, construindo a vossa própria Quanto mais compreenderdes os que vos partilham os caminhos humanos, mais respeitados vos encontrareis de vez que, quanto mais doardes do que sois em benefício alheio, mais ampla cobertura de amparo do Senhor assegurará a tranquilidade em vossos passos.

Continuemos buscando Jesus em todos os irmãos da Terra, mas especialmente naqueles que sofrem problemas e dificuldades maiores que os nossos obstáculos, socorrendo e servindo e sempre mais felizes nos encontraremos sob as bênçãos dele, Nosso Mestre e Senhor.

 

Escreva um comentário

 
 


 

“Irmã Coragem”

Armando Falconi fala sobre mensagem “Irmã Coragem”
.

 

Escreva um comentário

 
 


 

Lançamento do livro “Perdão gera saúde” de Armando Falconi, em Paraíba do Sul

“150 anos do evangelho roteiro infalível para a felicidade vindoura” apresenta:
.
Amanhã, dia 20 de setembro, Armando Falconi estará em Paraíba do Sul lançando seu novo livro “Perdão gera saúde” e executando uma palestra sobre o tema e os questionamentos do mesmo.
Compartilhe, compareça e traga suas dúvidas!
.
Local:Auditório da Prefeitura Municipal de Paraíba do Sul
Rua Visconde da Paraíba 342 Centro
.
Acolhida a partir das 19 horas
Início da palestra: 20 horas
.
Informações: (32) 3231-6000 ou (32) 8845-0642

http://www.falconiespiritismo.com/

https://www.facebook.com/armandofalconi?ref=hl

href="http://www.falconiespiritismo.com/wp-content/uploads/2014/09/Cartaz1.jpg">

 

Escreva um comentário

 
 


 

“Tranquilidade”

Armando Falconi fala sobre a mensagem “Tranquilidade”
.

 

Escreva um comentário

 
 


 

Amanhã tem palestra com Armando Falconi

Amanhã, dia 18 de setembro, Armando Falconi fará uma palestra no C. E. Frederico Junior
Tema: livre
Horário: 19:30
Local: Grupo Espírita Frederico Junior
Rua: Piauí, 136 / Esquina com Rua Cesário Alvim – Bairro: São Bernardo
Cep: 36062-130 Juiz de Fora – MG
Compartilhe, compareça e leve suas dúvidas!

 

Escreva um comentário

 
 


 

Por que frequentar uma Casa Espírita?

Veja a mensagem retirada do jornal ” O Seareiro Espírita”:
.

.
A doutrina Espírita é um conjunto de leis, reveladas pelos Espíritos Superiores, contidas nas obras de Allan Kardec. O Espiritismo veio recordar e complementar os ensinamentos de Jesus.
Alguns dos princípios do Espiritismo são:

.
- a existência de Deus;
- a imortalidade da alma;
- a reencarnação;
- o esquecimento temporário das vidas passadas;
- a comunicabilidade dos espíritos;
- a fé raciocinada;
- a lei da evolução;
- a lei do amor;
- a pluralidade dos mundos habitados.

.
Por que conhecer o Espiritismo?
O Espiritismo responde às questões fundamentais da vida: Quem somos? De onde viemos? Para onde vamos? Por que estamos aqui? É um conjunto de ensinamentos que oferece uma visão ampla e racional da existência humana e permite que iniciemos uma transformação íntima, aproximando-nos de nós mesmos e de Deus.

.
Por que frequentar uma Casa Espírita?
A Casa Espírita possui o ambiente propício ao aprendizado, visando nossa evolução, motivo pelo qual nos encontramos reencarnados. Sob a orientação da Espiritualidade Superior, ela oferece atividades que auxiliam o indivíduo no seu processo de autodescobrimento, valorização e melhoria contínua.

.
Obras Basicas:
O Livro dos Espíritos: Obra básica da Doutrina Espírita, publicada em 18 de abril de 1857. Aborda os aspectos científico, filosófico e religioso do Espiritismo. É composto de 1019 perguntas divididas em quatro partes: “Das Cau-sas Primárias”, “Do Mundo Espírita”, “Das Leis Morais” e “Das Esperanças e Consolações”.
Cada parte deu origem a um dos demais livros do Pentateuco.
O Evangelho Segundo o Espíritismo: Tem como objetivo ser um código moral universal, sem distinção de culto, ao alcance de qualquer pessoa. Seu conteúdo consolador traz a Moral do Cristo e se resume numa análise profunda do Sermão da Montanha.
O Livro dos Médiuns: É o livro básico da Ciência Espírita. Aborda questões sobre a mediunidade, sua prática e fundamentos.
O Céu e o Inferno: Kardec faz um balanço da evolução moral e espiritual da humanidade. A eterna questão da continuidade da vida após a morte é despida dos aparatos mitológicos para mostrar-se à luz da razão esclarecida.
A Gênese: Trata das causas primárias dos milagres e das predições, com as novas leis que decorrem da observação dos fenômenos espíritas.

 

Escreva um comentário

 
 


 

Melindres

Armando Falconi fala sobre a mensagem “Melindres”
.

 

Escreva um comentário

 
 


 

A Cadeira Vazia – Richard Simonetti

Leia o texto intitulado “A Cadeira Vazia” de Richard Simonetti, retirado do jornal “O Seareiro Espírita”:
.
.

.
Era uma singela igreja, frequentada por moradores da região daquele distante bairro de Londres.
Os anos se passavam e o pequeno grupo se mantinha constante
nas reuniões, ocupando sempre os mesmos lugares.
Foi por isso, fácil ao pastor descobrir certo dia, uma cadeira vazia. Estranhou, mas logo esqueceu.
Na semana seguinte, a mesma cadeira vazia lá estava e ninguém
soube informar o que estava acontecendo.
Na terceira ausência, o pastor resolveu visitar o faltoso. No dia
frio, foi encontrá-lo sentado, muito confortável, ao lado da lareira de
sua casa, a ler.
Você está doente, meu filho? Perguntou. A resposta foi negativa. Ele estava bem.
Talvez esteja atravessando algum problema, ousou falar o pastor, preocupado.
Mas estava tudo em ordem. E o homem foi explicando que, simplesmente, deixara de comparecer.
Afinal, ele frequentava o culto há mais de vinte anos.
Sentava na mesma cadeira, pronunciava as mesmas orações, cantava os mesmos hinos, ouvia os mesmos sermões. Não precisava mais comparecer. Ele já sabia tudo de cor.
O pastor refletiu por alguns momentos. Depois, se dirigiu até a lareira, atiçou o fogo e de lá retirou
uma brasa.
Ante o olhar surpreso do dono da casa, colocou a brasa sobre a soleira de mármore, na janela.
Longe do braseiro, ela perdeu o brilho e se apagou. Logo, era somente um carvão coberto de cinza.
Então, o homem entendeu. Levantou-se de sua cadeira, caminhou até o pastor e falou: Tudo bem,
pastor, entendi a mensagem. E voltou para a igreja.
Todos somos brasas no braseiro da fé. Se mantemos regular frequência ao templo religioso, estudando e trabalhando, nos conservamos acesos e quentes.
Mas, exatamente como fazem as brasas, é preciso estender o calor. Assim, acostumemos a não somente orar, pedir e esperar graças. Mas iluminados pelo Evangelho de Jesus, nos disponhamos a agir em
favor dos nossos irmãos.
Como as brasas unidas se transformam em um imenso fogaréu, clareando a escuridão e aquecendo as
noites gélidas, unidos aos nossos irmãos de ideal, poderemos estabelecer o calor da esperança em muitas vidas.

 

Escreva um comentário