Palestra de Sábado na FEAK

.

Venha assistir à Palestra de sábado, amanhã, dia 29/08, às 19h00min na FEAK – Fundação Espírita Allan Kardec
Rua Itamar Soares de Oliveira, 200 – Cascatinha
Juiz de Fora – MG
.
Expositor: Daniel Rodrigues
.
Tema: Livre

 

Escreva um comentário

 
 


 

Banner que vai estar na barraca da FEAK com Armando Falconi no Feirão Pro Mansão do Caminho, neste domingo no Rio de Janeiro

 

Escreva um comentário

 
 


 

NÃO TE INQUIETES

“Não estejais inquietos por coisa alguma”.– Paulo
(FILIPENSES, 4:6.)

A observação do apóstolo Paulo é importante para todos os dias.
Ninguém esteja inquieto por coisa alguma.
Em verdade, a inquietação é fator desencadeante de numerosas calamidades.
Na maioria das vezes, está presente no erro de cálculo que compromete a construção, na
dosagem inadequada do remédio que se transforma em veneno, no acidente infeliz ou no
desastre da via pública.
É quase sempre um espinho no lar, um cáustico no ponto de vista, uma brasa no caminho
e uma pedra na profissão.
É por ela que, muitas vezes, pronunciamos a expressão descabida e articulamos o
julgamento falso a respeito dos outros.
Com ela, geramos preocupações enfermiças e arruinamos a estrada própria.
Contudo, a pretexto de aboli-la, é indispensável não venhamos a cair na preguiça.
Muita gente, a pretexto de evitar a inquietação, asila-se em comodismo deplorável,
alegando que foge de trabalhar para não se afligir.
Entendamos, porém, no verdadeiro sentido, a recomendação judiciosa de Paulo. Ele que
disse “não estejais inquietos por coisa alguma” nunca esteve ocioso.

 

Escreva um comentário

 
 


 

Justiça Divina – Armando Falconi – Aula 19

 

Escreva um comentário

 
 


 

Natureza dos pensamentos e fluidos

Trazemos para sua análise texto e raciocínio de Allan Kardec sobre a natureza dos pensamentos e fluidos. Mude seu comportamento mental e seja mais feliz.

.

.

Pensamentos e Fluidos
Autor: Allan Kardec
.
.
“Os maus pensamentos corrompem os fluidos espirituais, como os miasmas deletérios corrompem o ar respirável” – (Allan Kardec – A Gênese, cap. XIV, item 16).
.
.
Vimos que o pensamento exerce uma poderosa influência nos fluidos espirituais, modificando suas características básicas. Os pensamentos bons impõem-lhes luminosidade e vibrações elevadas que causam conforto e sensação de bem estar às pessoas sob sua influência. Os pensamentos maus provocam alterações vibratórias contrárias às citadas acima. Os fluidos ficam escuros e sua ação provoca mal estar físico e psíquico.
.
Pode-se concluir assim, que em torno de uma pessoa, de uma família, de uma cidade, de uma nação ou planeta, existe uma atmosfera espiritual fluídica, que varia vibratoriamente, segundo a natureza moral dos Espíritos envolvidos.
.
À atmosfera fluídica associam-se seres desencarnados com tendências morais e vibratórias semelhantes. Por esta razão, os Espíritos superiores recomendam que nossa conduta, nas relações com a vida, seja a mais elevada possível. Uma criatura que vive entregue ao pessimismo e aos maus pensamentos, tem em volta de si uma atmosfera espiritual escura, da qual aproximam-se Espíritos doentios. A angústia, a tristeza e a desesperança aparecem, formando um quadro físico-psíquico deprimente, que pode ser modificado sob a orientação dos ensinos morais de Jesus.
.
“A ação dos Espíritos sobre os fluidos espirituais tem conseqüências de importância direta e capital para os encarnados. Desde o instante em que tais fluidos são o veículo do pensamento; que o pensamento lhes pode modificar as propriedades, é evidente que eles devem estar impregnados das qualidades boas ou más, dos pensamentos que os colocam em vibração, modificados pela pureza ou impureza dos sentimentos” – (Allan Kardec – A Gênese, cap. XIV, item 16).
.
À medida que cresce através do conhecimento, o homem percebe que suas mazelas, tanto físicas quanto espirituais, é diretamente proporcional ao seu grau evolutivo e que ele pode mudar esse estado de coisas, modificando-se moralmente. Aliando-se a boas companhias espirituais através de seus bons pensamentos, poderá estabelecer uma melhor atmosfera fluídica em torno de si e, consequentemente, do ambiente em que vive. Resumindo, todos somos responsáveis pelo estado de dificuldades morais que vive o planeta atualmente.
.
“Melhorando-se, a humanidade verá depurar-se a atmosfera fluídica em cujo meio vive, porque não lhe enviará senão bons fluidos, e estes oporão uma barreira à invasão dos maus. Se um dia a Terra chegar a não ser povoada senão por homens que, entre si, praticam as leis divinas do amor e da caridade, ninguém duvida que não se encontrem em condições de higiene física e moral completamente outras que as hoje existentes” – (Allan Kardec – Revista Espírita, Maio, 1867).

.

.
EDIÇÕES DA REVSTA ESPÍRITA:
.
• Revista Espírita – Ano de 1858
• Revista Espírita – Ano de 1859
• Revista Espírita – Ano de 1860
• Revista Espírita – Ano de 1861
• Revista Espírita – Ano de 1862
• Revista Espírita – Ano de 1863
• Revista Espírita – Ano de 1864
• Revista Espírita – Ano de 1865
• Revista Espírita – Ano de 1866
• Revista Espírita – Ano de 1867
• Revista Espírita – Ano de 1868
• Revista Espírita – Ano de 1869
.
.
.
A Fundação Espírita Allan Kardec promove estudo sistematizado da Revista Espírita todas às quartas-feiras as 20h00min – Venha estudar conosco, esta monumental obra de esclarecimento e de amor.

 

Escreva um comentário

 
 


 

Armando Falconi fala sobre a história ” A roupa faz a diferença? “

 

Escreva um comentário

 
 


 

Palestra de quinta na FEAK- 27/08


.
Amanhã, quinta feira, 27/08, às 14h 30min, haverá palestra na FEAK

.
Expositor(a): Isa Rita
.
Tema: Livre
.

Local: FEAK – Fundação Espírita Allan Kardec
Rua: Itamar Soares de Oliveira, 200 – Cascatinha
Cep: 36033-280
Juiz de Fora – MG
.

Divulguem e Participe!!!

 

Escreva um comentário

 
 


 

“Eles Vivem”

Veja esta linda mensagem ditada por Emmanuel para de Chico Xavier, intitulada “Eles Vivem”:
.

.
Eles Vivem

“Ante os que partiram, precedendo-te na Grande Mudança, não permitas que o desespero te ensombre o coração.
Eles não morreram. Estão vivos.

Compartilham-te as aflições, quando te lastimas sem consolo. Inquietam-se com sua rendição aos desafios da angústia quando te afastas da confiança em Deus.

Eles sabem igualmente quanto dói a separação.

Conhecem o pranto da despedida e te recordam as mãos trementes no adeus, conservando na acústica do espírito as palavras que pronunciaste, quando não mais conseguiram responder as interpelações que articulaste no auge da amargura. Não admitas estejam eles indiferentes ao teu caminho ou à tua dor.

Eles percebem quanto te custa a readaptação ao mundo e à existência terrestre sem eles e quase sempre se transformam em cirineus de ternura incessante, amparando-te o trabalho de renovação ou enxugando-te as lágrimas quando tateais a lousa ou lhes enfeitas a memória perguntando porque.

Pensa neles com a saudade convertida em oração.
As tua preces de amor representam acordes de esperança e devotamento, despertando- os para visões mais altas na vida.

Quando puderes, realiza por eles as tarefas em que estimariam prosseguir e tê-los-ás contigo por infatigáveis zeladores de teus dias.

Se muitos deles são teu refúgio e inspiração nas atividades a que te prendes no mundo, para muitos outros deles és o apoio e o incentivo para a elevação que se lhes faz necessária.

Quando te disponhas a buscar os entes queridos domiciliados no Mais Além, não te detenhas na terra que lhes resguarda as últimas relíquias da experiência no plano material…

Contempla os céus em que mundos inumeráveis nos falam da união sem adeus e ouvirás a voz deles no próprio coração, a dizer-te que não caminharam na direção da noite, mas sim ao encontro de Novo Despertar.”

 

Escreva um comentário

 
 


 

“Dez maneiras de amar a nós mesmos”

 

Escreva um comentário

 
 


 

Grupo de Valorização da Vida

.

Acontece hoje, terça-feira, dia 25/08 na FEAK, o GVV – “Grupo de Valorização da Vida” para pessoas que querem aprender valorizar a própria vida e também para pessoas com idéias de autodestruição e seus familiares. Toda 2ª e 4ª terça-feira de cada mês.

.

Local: FEAK – Rua Itamar Soares de Oliveira, 200 – Cascatinha.

Horário: 18h30min até 19h30min.

.

Participe! Convide um amigo! Divulgue!

 

Escreva um comentário